segunda-feira, 16 de maio de 2016

Sonho erótico




- Mete essa porra, gostoso! Mete, vai! Ah! Soca com vontade, vai! Não quero devagar, quero com força! Soca, soca, soca!
- É desse jeito!? Assim!??!!? Tu gosta é desse jeito, safada!?!?!?
- Seu putão! Cachorro!? Delícia!!
- Ah! Hum! Ah! Não vou conseguir resistir por mais tempo...!
- Na minha cara!
- Vou saciar suas vontades, pode deixar!
- Ah, esse diabo está me desconcentrando!
- O quê?!
- O maldito telefone!
- Que telefone!?
- O teu telefone!
- Meu telefone!?
- Atende esse telefone!
- Que telefone?!?
- Tem um telefone tocando!
- Onde!
- Não sei, ué!
- Não é o seu telefone!?
- Não, não é o meu telefone! É o seu telefone!
- E onde é que está...!?
Procurei em toda a parte, ela também o procurou, mas não encontramos o maldito celular. Tive de acordar para encontra-lo. Me arrependo de te-lo feito. Era um sonho tão maravilhoso, nem parecia que era mesmo um sonho. Me dirigi até onde vinha o barulho. Era uma música familiar, que me lembrava alguma coisa para fazer no momento. Procurei, procurei e procurei... até que, por fim, encontrei. Estava em cima da mesinha, carregando a bateria. Eram 6 e meia da manhã, tinha que me levantar para ir à escola. Que tédio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger