terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Quero uma garota que usa piercing



Sempre tive uma grande curiosidade em relação às garotas que usam piercing. Como será, por exemplo, beijar uma gatinha que usa piercing? Eu nunca fiquei com uma jovem apaixonada por piercings, tatuagens e coisas desse tipo rock n' roll, sabe? É claro que curto rock, mas, apesar disso, nunca tive um rolo com uma roqueira.
É claro que, também, a curiosidade matou o gato. Eu me acho um gato, mas não estou prestes a morrer. Pra falar a verdade, estou prestes a ficar louco. Louco de curiosidade. Como é ficar com uma garota assim? Tenho certeza que o cara que namora, ou fica, com uma garota fã de piercing, deve se sentir bastante triunfante, vencedor. Pois meninas desse tipo tem bastante atitude. São descoladas, brincalhonas e radicais. Gostam de aventura. Sabem se envolver com garotos. E gostam daquilo que muitos deles gostam: bagunçar, se divertir, andar que nem um louco por aí. Mas eu não tive, não tenho e nem sei se vou ter essa sorte. Não conheço ninguém que usa piercing, em qualquer parte do corpo. Em se tratando disso, para mim não importa. Não sou específico, sou generalizador. Pode ser na língua, no umbigo, no nariz, na sobrancelha, na bochecha, nos mamilos e, até, naquela parte, que só as mulheres tem, sabe? Tu tá ligado no que eu estou querendo dizer, não tá? Com certeza tá, não tente se fazer de santinho. SABE DE NADA, INOCENTE!




Confesso que, dentre todas as partes do corpo que alguém, quer dizer, uma garota, pode colocar um piercing, a que me chama mais atenção é aquela parte. Mas, o assunto que discorro neste post hoje não é sexo, mas o beijo. Como será beijar uma garota que usa piercing? Será se dói (na garota)? Será que, quando você dá uma chupada na língua dela, o piercing vem junto e começa a machucar? E se machucar, será se sangra? Sangra muito ou sangra pouco? Não sei responder, pra falar a verdade. Além de nunca ter ficado com esse tipo de garota, também nunca tive a oportunidade de conhecer uma e, obviamente, nunca bati um papo sobre o assunto. Mas um dia irei descobrir como que é beijar (e/ou transar também) com uma gatinha adepta a esse estilo meio punk, meio emo. Enquanto não descobrir fico com os meus devaneios e fantasias. Não vou dizer que esse assunto não sai da minha cabeça, porque é mentira. Entretanto, toda vez que vejo uma mulher ou adolescente, usando esses pequenos ferrinhos, essas indagações surgem na minha mente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger